A internet e o meio ambiente

A internet veio para ajudar ou prejudicar a saúde do planeta?

Se por um lado temos a globalização como um dos grandes vilões do meio-ambiente por potencializar de forma exponencial a comercialização de automóveis para todo o mundo ou mesmo, outros produtos que são fabricados em verdadeiras indústrias de CO2, principalmente na China, do outro lado temos o “encurtamento” das distâncias oferecida pela facilidade de comunicação que além de viabilizar negociações virtuais também fomentam a discussão a respeito de novas tecnologias limpas em todo o planeta.

Com o acordo firmado na Conferência Climática na França em 2015, ficou claro que diversos países onde o índice de emissão de CO2 está muito abaixo do prejudicial ao meio ambiente, acabam sofrendo as consequências globais causados pelo excesso de gazes tóxicos levados a atmosfera pelas indústrias da China, que chegou a decretar feriado quando em algumas cidades o alto índice de poluição no ar ficou extremamente nocivo para a população. Com isso, as Maldivas por exemplo, que poderia usar seus recursos financeiros para melhorar sua condição na educação ou saúde de sua população, precisa utilizar o dinheiro para construir barragens contra alagamentos ou mesmo para reconstruir vilarejos inteiros após uma tempestade, naturalmente causadas pelo desequilíbrio climático.

A internet pode de forma significativa inverter esse processo de autodestruição do planeta e certamente já está fazendo isso. Utilizando o automóvel como tema para essa discussão não podemos deixar de citar os conceitos e hoje realidade dos carros híbridos, como o Toyota Prius. Para se chegar a essa tecnologia é necessário que as empresas, engenheiros, cientistas entre outros pesquisadores do assunto conversem. Antes da internet, quando um estudioso realizava uma descoberta ela poderia simplesmente ser esquecida, ou pouco aproveitada, caso esse conhecimento não fosse devidamente documentado e compartilhado. Seguindo essa tendência sustentável e investindo em educação certamente construiremos um futuro mais sustentável. 

Além do uso dos automóveis de fato, a internet ajuda a realizar o comércio e até mesmo a manutenção de automóveis através de e-commerce como o Pecasauto24.pt , onde sem sair de casa consumidores conseguem informações sobre marcas, produtos e novas tecnologias. Se antes, era preciso se deslocar hoje podemos realizar compras na comodidade do lar e nem todos os produtos são físicos, a virtualização permitiu que produtos outrem provindos de fábricas poluidoras que desenvolviam materiais de difícil descarte e reciclagem pudessem simplesmente oferecer soluções virtuais, como os aplicativos de celulares que são descartados com a simples exclusão do serviço no aparelho.

O fato é que a internet veio para ficar e devemos buscar utilizar seus recursos para melhorar a vida de todos que aqui estão e que estão por vir. Tecnologias que não agridem a natureza e soluções sustentáveis devem sempre rondar os pensamentos das pessoas a fim de proporcionar a todos uma estadia mais saudável em nosso planeta.