Como incrementar a segurança online da sua empresa?

Se você é proprietário de uma empresa, de manter em segurança os dados da sua companhia.

Se você é proprietário de uma empresa, seja ela de pequeno ou grande porte, sabe a importância de manter em segurança os dados da sua companhia, longe do alcance de concorrentes e dos vilões mais temidos da era digital, os hackers.

Com a adoção do regime de home office por muitas empresas em 2020, o tráfego de informações confidenciais aumentou bastante entre novos dispositivos, e por consequência, é necessário aumentar o cuidado durante o compartilhamento das informações.


O que é a LGPD e qual a relação dela com a segurança online?


Recentemente, a Lei Geral da Proteção de Dados entrou em vigor e é de interesse de todas as empresas se adequar a esta lei. Os dados que devem ser protegidos não são apenas aqueles mais comuns como o RG e CPF, agora endereço IP e e-mails também deve ter a mesma atenção por parte da empresa.

Visando a transparência e respeito a privacidade do usuário, a empresa deve ser responsável pelo zelo dos dados dos clientes, além de divulgar como as informações serão utilizadas pela mesma. Caso algum dado seja comprometido, há várias sanções que podem ser aplicadas, dentre elas, uma multa de até 2% do faturamento do último exercício da companhia.  


Dicas para aumentar a segurança online


1.       VPN – Virtual Private Network
Uma prática comum entre as empresas é a utilização da VPN, uma rede privada que permite o tráfego de informações por meio da criptografia, assim, terceiros não tem acesso aos dados compartilhados, já que não conseguem decodificar a mensagem enviada.  

Existem vários provedores de VPN disponíveis, como as listadas na análise da VPNOverview, portanto, antes de contratar um serviço de VPN é necessário observar o custo, facilidade na configuração, tipos de protocolos oferecidos e buscar os prós e contras das melhores empresas do mercado.

Além do aumento da segurança, a VPN permite uma maior mobilidade entre os funcionários, já que se instalada em um dispositivo, como o celular, laptop, tablet e outros, os colaboradores possuem acesso a todas as informações da organização em qualquer lugar do mundo, sendo essencial para empresas que aderiram ao home office, ou para funcionários que viajam constantemente.

2. Instale Firewall e Antivírus
A instalação desses softwares é essencial para todos os dispositivos da empresa, uma vez que eles protegem contra vírus, malwares e outras ameaças que podem infectar o aparelho.
Essas ameaças são uma das formas que os cibercriminosos trabalham para possuir acesso aos dados das suas vítimas.

3. Proteja seus sites
Falhas no script e na codificação de websites são alvos para os hackers, que exploram esses pontos fracos nas páginas e conseguem obter informações sobre os clientes. Por isto, invista na segurança do seu website, utilizando os melhores protocolos.

Ademais, se a sua empresa é pequena, opte por realizar e receber pagamentos através de redes como o Paypal ou Mercado Pago, uma vez que se o seu website possuir processador de pagamento por cartão de crédito, as chances dele se tornar um alvo de cibercriminosos aumentam exponencialmente. 

4. Faça Backup
Além de adotar essas medidas preventivas, esteja preparado para a ocorrência de acidentes com relação a segurança de dados da sua empresa. Desse modo, opte por realizar backups semanais das informações importantes em um disco rígido protegido, para evitar perdas totais de materiais.

5. Elimine as informações com segurança
Caso você resolva trocar os computadores da sua empresa, não basta apenas mover os arquivos para a lixeira, é essencial utilizar softwares de limpeza, que modifica as informações armazenadas e realizar o desmagnetizador, para tornar o disco rígido inútil.

Desta forma, você garante que aquelas informações serão perdidas completamente e não haverá chances de nenhuma pessoa recupera-las.

 
COPYRIGHT 2020 - ALDABRA SISTEMAS WEB E DESIGN GRÁFICO LTDA Política de privacidade